Acredite se quiser: Dilma virou vírus.

Acredite se quiser: Dilma virou vírus.

0 Comentários

Nesse espaço já foi tratado – mais de uma vez – de um vírus que invade o sistema ou o computador, bloqueia o acesso, e, para liberá-lo, exige um resgate: o ramsonware. Vários formatos e variações existem. Um dos mais inusitados, também comentado nesta página, foi o de um hotel da Áustria onde as portas foram trancadas remotamente, com hóspedes presos nos quartos e pessoas tentando entrar sem conseguir, obrigando a administração a tomar uma decisão rápida (clique aqui para saber mais). E o mais devastador, considerando número de pessoas (físicas e jurídicas) atingidas e de países alcançados, foi o WannaCry, de repercussão na mídia mundial, que realmente fez muita gente chorar… Há, ainda, aqueles que são ameaçados de divulgação de suas informações ou dados sensíveis.

E a criatividade nunca termina. Segundo site Tecmundo, há mais uma variação de ramsonware circulando por aí: o Dilma Locker. Sim, é isso mesmo. Além do nome, o vírus traz uma foto da ex-presidente quando bloqueia o acesso ao computador. Como costuma ocorrer nestas situações, ele vem disfarçado em arquivos falsos e traz um arquivo EXE como se fosse um PDF. Na matéria mais detalhes sobre este ramsonware.

A lição que fica é a mesma de sempre: atenção ao que se acessa ou ao que se recebe por e-mail e se abre, antivírus e programas sempre atualizados, procedimentos de integridade sérios. Se ninguém está imune a um ataque, o que se pode fazer é diminuir os riscos.

Imagem: da matéria (portal Tecmundo).

2

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *